Câmara de Brasiléia realiza última sessão de 2021 e aprova projeto de Abono salarial para Educação

A última sessão ordinária da Câmara Municipal de Brasiléia antes do recesso parlamentar ocorreu na manhã desta terça-feira (14) no plenário José Cordeiro Barbosa, e contou com a presença dos vereadores Jurandir Queiroz (PROS), Leomar Barbosa (PSD), Leonir de castro (PP), Lessandro Jorge (PT), Marinete Mesquita (PT), Neiva Badotti (PSB), Reinaldo Gadelha (MDB), Rogério Pontes (PROS) e da presidente Arlete Amaral (SD).

Durante a ordem do dia foi votado o Projeto de Lei N° 24 do poder executivo que “Dispõe sobre a concessão de abono salarial para os profissionais da educação Básica da Rede municipal de ensino em efetivo Exercício, na forma que específica.” O projeto foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares presentes.

No geral serão comtemplados com o abono salarial 357 servidores, sendo 216 professores, 133 servidores administrativos e 08 auxiliares de sala.

Durante o grande expediente os parlamentares fizeram o uso da tribuna, onde debateram assuntos de interesse da comunidade.

Vereador Lessandro Jorge (PT): O parlamentar no uso de suas atribuições, iniciou sua fala relatando a respeito do abono salarial concedido aos servidores da educação, ressaltou que o valor é pouco, porém é o que o poder executivo pode pagar. O Nobre edil fez uma retrospectiva de seu mandato, segundo o mesmo foram votados 24 projetos do executivo, todos em benefícios da população e também relata suas várias indicações de melhorias para a cidade. Parabenizou todos os parlamentares pelos trabalhos exercidos em prol da sociedade de Brasiléia, reafirmou o seu respeito por todos eles. Parabenizou também a presidente Arlete Amaral pela forma que vem conduzindo os trabalhos na casa, parabeniza todos os servidores da casa, em especial a comunicação que vem revolucionando os trabalhos.Agradeceu ainda sua família por sempre estar ao seu lado o apoiando. Finalizou desejando um feliz Natal e um próspero ano novo a todos.

Vereador Leomar Barbosa (PSD): O parlamentar no uso de suas atribuições, começou suas palavras agradecendo a toda população de Brasiléia que acompanha seus trabalhos, ressaltou que está de cabeça erguida e sempre estará ao lado da população. O parlamentar expressou seu descontentamento em não poder discutir sobre o abono para os servidores da educação, segundo o mesmo é um valor insignificante fornecido aos servidores. O vereador afirma que era para ter acontecido uma discussão com a categoria a respeito do abono antes de ser enviado para a câmara. Reafirmou seu compromisso com a população e ressaltou ser um vereador independente. Adiantou seu voto dizendo que iria votar favorável para o abono, porém votará de coração partido, pois segundo ele os servidores merecem muito mais. Dando continuidade solicita que melhorias sejam realizadas na rua Antônio Almeida Campos no bairro Alberto Castro, tendo em vista os constantes problemas de alagamentos. Finaliza desejando um feliz Natal e um próspero ano novo para todos.

Vereador Jurandir Queiroz (PROS): O parlamentar no uso de suas atribuições, Iniciou suas palavras cumprimentando a todos os presentes no recinto, ressaltou o prazer de ter convivido durante o ano com todos os funcionários e vereadores da casa. O parlamentar frisou que a cidade de Brasiléia está em avanço, no caminho certo, mesmo tendo vários problemas a serem resolvidos. O vereador se colocou à disposição da categoria da educação caso tenham alguma outra estratégia em relação ao abono. Agradeceu a população de Brasiléia por ajudar o mesmo a realizar um sonho, ser vereador na cidade. O nobre edil reafirma que mesmo as dificuldades sendo grandes, os avanços vêm acontecendo em toda cidade. Finaliza reafirmando seu compromisso com a população e parabenizando presidente Arlete Amaral e a mesa, pela condução dos trabalhos na casa.

Vereadora Neiva Badotti (PSB): A parlamentar no uso de suas atribuições, deu início à sua fala cumprimentando a todos os presentes na sessão, solicitou que seja enviado requerimento a secretária de educação pedindo o total de profissionais efetivos, provisórios, lotação e a planilha de pagamentos referentes aos anos de 2020 e 2021. Dando seguimento à sua fala, a vereadora demonstra seu descontentamento em relação a chegada de alguns projetos já para serem votados em cima da hora sem que aconteça a devida tramitação. A mesma diz que votará favor do abono para educação, porém afirma que os servidores da educação mereciam muito mais, ressalta que o abono deveria ser pago por contrato e não por CPF. A vereadora expressou a sua solidariedade aos 22 servidores provisórios que não vão receber o abono, e afirma estar à disposição da categoria. A parlamentar relata uma situação que está acontecendo no hospital regional onde existe uma área preparada para receber as pessoas acometidas por Covid-19, porém o local se encontra fechado, ficando os pacientes infectados pela Covid-19 no mesmo setor que outros pacientes com outras doenças. A nobre edil pede que providências sejam tomadas para que seja evitada a contaminação de outros pacientes.

Vereadora Marinete Mesquita (PT): a parlamentar no uso de suas atribuições, deu início ao uso da tribuna relatando que falta trato com as categorias pelo executivo, segunda parlamentar faltou por parte do executivo discutir com a categoria a respeito do valor desse excedente do FUNDEB, faltou diálogo. A parlamentar afirmou que entende o empenho, boa vontade do executivo, porém reafirma que faltou o diálogo com a categoria. Ressaltou sua tristeza pelos servidores provisórios da educação não serem contemplados com o abono. Dando segmento a sua fala, reafirmou seu compromisso com todas as categorias do município. A parlamentar fez uma retrospectiva de suas ações durante o ano, onde inicialmente apresentou um projeto de revogação do aumento do salário dos vereadores, apresentou o anteprojeto em relação ao PCCR da educação que foi aprovado por unanimidade, seguindo a vereadora apresentou PL voltado aos fazedores de cultura do município de Brasiléia que foi transformado em lei, relatou também os vários embates que entrou a respeito das famílias que perderam suas casas na enchente 2012/2015 em Brasiléia. A vereadora ressalta a importância das suas várias pautas debatidas ao longo do ano. Finaliza reafirmando que seu mandato está a serviço da população.

Após o fim dos trabalhos no presente ano os parlamentares só voltarão a se reunir para uma sessão após o recesso, porém, se houver necessidade da realização de sessões extraordinárias os nobres edis poderão ser convocados a comparecerem à casa do povo durante o período que estiverem no recesso parlamentar.

Vale destacar que a câmara continuará em pleno funcionamento caso algum morador necessite de alguma informação, das 7h às 13h, de segunda a sexta-feira, com exceção dos dias que ocorrerem feriados e finais de semana.

Para a presidente Arlete Amaral (SD) o ano de 2021 foi muito proveitoso, pois foram aprovados pelos vereadores vários projetos para beneficiar a população, além do mais foram realizadas inúmeras indicação pelos parlamentares em favor da comunidade brasileense. A parlamentar expressa sua felicidade pela condução dos trabalhos na casa juntamente com a mesa, e ressalta a importância das 38 sessões ordinárias e 2 sessões extraordinárias que aconteceram durante o ano na casa do povo.

As sessões são transmitidas ao vivo pela Internet, no Facebook Câmara Municipal de Brasiléia e no Portal Legislativo camaramunicipaldebrasileia.com.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support